Relógio
Livro de Visitas
Por favor!. Pique no link abaixo e deixe o seu comentário.
Precisamos da sua ajuda para melhorar os nossos temas.
Obrigado pela sua visita!.
Volte Sempre!.
CONTADOR DE VISITAS
web counter free
Visitantes
Pode ler todos os temas mas, se tenciona escrever neste Fórum, terá que efectuar o registro gratuitamente.
Se gosta de conviver,contar as suas histórias,
escrever as suas crónicas,mostrar as suas fotografias,
ensinar quem precisa,aprender com outras pessoas,
passar o seu tempo livre em boa companhia,
este é o local certo.
Ficamos à espera da sua decisão.
 Administrador
 Stheffa
Últimos assuntos
» REFLEXÕES - CALORIAS
Qua Jan 18, 2012 7:34 pm por amilcar34

» ARVORES QUE NÃO PLANTAMOS
Sex Dez 23, 2011 5:47 pm por amilcar34

» O CALDO VERDE EVITA O CANCRO
Qua Nov 23, 2011 12:45 pm por amilcar34

» Caminheiro
Qui Nov 03, 2011 7:48 pm por lucy19358

» VÁRIAS RECEITAS DE BACALHAU
Dom Out 30, 2011 3:57 pm por Manuel Joaquim Pires

» Versos "SPORTING"
Dom Out 30, 2011 10:18 am por Stheffa

» CARROS ESTACIONADOS AO SOL
Sex Out 28, 2011 9:22 pm por Manuel Joaquim Pires

» O sino da minha freguesia
Qui Out 27, 2011 6:18 pm por lucy19358

» A NOVA CONTRATAÇÃO DO SPORTING 2011/2012
Qua Out 26, 2011 8:43 pm por Stheffa

» A teimosia da névoa
Ter Out 25, 2011 9:52 am por lucy19358

» O ARROZ BRANCO E NEGRO
Seg Out 24, 2011 5:27 pm por jmanacleto

» PARALISIA INFANTIL
Seg Out 24, 2011 11:46 am por madley29

» PRAIA DAS MAÇÃS
Sex Out 21, 2011 9:48 pm por Ana Maria

» CONHEÇAM " A MOLLY "
Sex Out 21, 2011 11:01 am por Stheffa

» Recordando tempos de menino
Qua Out 19, 2011 8:41 pm por Stheffa

» TUDO O QUE VICIA COMEÇA COM "C"
Qua Out 19, 2011 6:38 pm por amilcar34

» PLANETA FEITO DE DIAMANTES
Seg Out 17, 2011 11:20 am por José Rama

» TIO SAM SÍMBOLO NOS E.U.A.
Seg Out 17, 2011 10:54 am por jmanacleto

» Fado "Com ternura e muito amor"
Dom Out 16, 2011 9:32 pm por Stheffa

» JÁ LÁ VEM A ALVORADA
Dom Out 16, 2011 6:23 pm por lucy19358

» A Oliveira, as Azeitonas e o Azeite
Qua Out 12, 2011 10:17 pm por Stheffa

» ESTÁDIOS PARA CATAR 2022
Qua Out 12, 2011 3:52 pm por Stheffa

» JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO
Seg Out 10, 2011 9:56 pm por amilcar34

» SANTIAGO DO ESCOURAL
Seg Out 10, 2011 8:06 pm por Stheffa

» Mãe natureza
Seg Out 10, 2011 5:31 pm por lucy19358

» O Pâncreas
Seg Out 10, 2011 3:51 pm por madley29

» Steven Paul Jobs
Seg Out 10, 2011 3:07 pm por Stheffa

» Aventuras do Sthefary
Dom Out 09, 2011 4:19 pm por Stheffa

» As Irmãs Lucília e Lúcia Neves
Dom Out 09, 2011 4:04 pm por Stheffa

» Os meus versos de menino
Sab Out 08, 2011 8:39 pm por Stheffa

» Acordeonista
Sab Out 08, 2011 10:51 am por Stheffa

» Queda de Rochas nas Praias
Qui Out 06, 2011 9:44 pm por Ana Maria

» O Medronheiro
Qui Out 06, 2011 8:52 pm por José Rama

» Recordando Amália Rodrigues
Qui Out 06, 2011 5:15 pm por madley29

» Lev Yachine
Qui Out 06, 2011 4:39 pm por jmanacleto

» Rosa dos Ventos
Qua Out 05, 2011 9:52 pm por Stheffa

» Marinheiro
Ter Out 04, 2011 6:23 pm por Stheffa

» CONSELHOS ÚTEIS
Seg Out 03, 2011 7:44 am por John Cesarine

» BOA DIETA FRANCESA
Seg Set 26, 2011 8:59 pm por amilcar34

» FRUTAS NA SAUDE CONFORME TABELA!!!
Dom Set 25, 2011 5:21 pm por amilcar34

» INTERPRETANDO A POESIA DE CAMÕES
Qui Set 08, 2011 9:14 pm por amilcar34

» Sporting Clube dos Sportinguistas
Sex Set 02, 2011 4:01 pm por Stheffa

» O meu pequeno jardim
Ter Ago 30, 2011 5:06 pm por lucy19358

» A Ilha da Culatra
Seg Ago 22, 2011 7:43 am por Stheffa

» VALORIZAÇÃO DAS FRUTAS
Qui Ago 18, 2011 8:26 pm por amilcar34

» Televisão Digital Terrestre
Seg Ago 15, 2011 8:31 am por Stheffa

» PARA REFLETIR
Sab Ago 06, 2011 5:25 pm por amilcar34

» O QUE É EXPERIÊNCIA???...INTERESSANTE
Sab Jul 23, 2011 5:40 pm por amilcar34

» PARA RIR A BOM RIR...
Sab Jul 23, 2011 5:20 pm por amilcar34

» HOMENS SEGUNDO FERNANDA MONTENEGRO
Sex Jul 15, 2011 7:41 pm por amilcar34

Fotos de Portugal
Amilcar34

A Primeira Cruzada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Primeira Cruzada

Mensagem  madley29 em Sex Fev 25, 2011 9:44 am

A Primeira Cruzada foi proclamada em 1095 pelo papa Urbano II com o objetivo duplo de auxiliar os cristãos ortodoxos do leste e libertar Jerusalém e a Terra Santa do jugo muçulmano. Na verdade, não foi um único movimento, mas um conjunto de acções bélicas de inspiração religiosa, que incluiu a Cruzada Popular, a Cruzada dos Nobres e a Cruzada de 1101.
Começou com um apelo do Imperador Bizantino Aleixo I Comneno ao papa para o envio de mercenários para combater os turcos seljúcidas na Anatólia. Mas a resposta do cristianismo ocidental rapidamente se tornou em uma verdadeira migração de conquista territorial no Levante. Nobreza e povo de várias nações da Europa Ocidental fizeram a peregrinação armada até à Terra Santa, por terra e por mar, e tomaram a cidade de Jerusalém em Julho de 1099, criando o Reino Latino de Jerusalém e outros estados cruzados.
A Primeira Cruzada representou um marco na mentalidade e nas relações de cristãos ocidentais, cristãos orientais e muçulmanos. Apesar das suas conquistas terem eventualmente sido completamente perdidas, também foi o início da expansão do ocidente que, juntamente com a Reconquista da Península Ibérica, resultaria na aventura dos descobrimentos e no imperialismo ocidental.
As cruzadas em geral, e a Primeira Cruzada em particular, tiveram as suas origens em eventos anteriores na Idade Média. A divisão do Império Carolíngio nos séculos anteriores, e a relativa estabilidade das fronteiras europeias depois da cristianização dos povos bárbaros, criaram toda uma classe de guerreiros que tinham de lutar entre si para obter terras e riquezas.
No início do século VIII, o califado omíada tinha conquistado o Norte de África, o Egipto, a Palestina, a Síria, e invadido a Península Ibérica. A Reconquista ganhou uma carga ideológica que pode ser considerado o primeiro exemplo de um esforço concertado dos cristãos na conquista de territórios aos muçulmanos, como parte dos esforços de expansão dos reinos cristãos da Península Ibérica, apoiados pelas ordens militares e por mercenários mobilizados por toda a Europa.
Em 1009 o califa fatímida al-Hakim bi-Amr Allah provocou grande indignação por todo o mundo cristão quando ordenou a destruição da igreja do Santo Sepulcro em Jerusalém. Ao mesmo tempo, com o colapso dos omíadas, várias dinastias muçulmanas menos poderosas, como os aglábidas e os cálbidas, instalaram-se na Sicília e no sul da Península Itálica.
Os normandos conquistaram a Sicília em 1091. O Reino de Aragão no ocidente, as cidades-estado de Pisa e Génova na Itália, e o Império Bizantino no oriente travaram longas lutas contra os reinos muçulmanos pelo controle do mar Mediterrâneo.
A ideia de uma guerra santa contra o Islão parecia aceitável aos poderes seculares e religiosos da Europa ocidental, bem como do povo em geral - para além do incentivo de conquistar territórios e riquezas, que ganhou popularidade com os sucessos militares dos reinos europeus, começou a emergir uma nova concepção política do cristianismo.
A cada vez mais influente Ordem de Cluny estava a estabelecer uma nova organização da religião cristã, cada vez mais centralizada no papa em detrimento da independência dos seus bispos. Esta ideia foi-se expandindo até ao ponto de o papado pretender ser o suserano de todos os reinos europeus, sancionando guerras santas contra as nações heréticas que não aceitassem o domínio da Igreja.
Deste modo não é surpreendente a união dos reinos cristãos sob a orientação papal, e a criação de exércitos para combater o Islão. As terras que anteriormente à conquista muçulmana tinham pertencido a cristãos, e particularmente as que tinham sido parte do Império Romano ou do seu sucessor Império Bizantino - Síria, Egipto, Norte de África, Hispânia, Chipre - eram vistas como terras invadidas que deveriam ser libertadas. Acima de tudo, Jerusalém e a Palestina, onde Jesus Cristo e os seus apóstolos tinham vivido, eram lugares santos que sofriam a heresia do domínio dos infiéis.
Em 1074, o papa Gregório VII apelou aos milites Christi (soldados de Cristo) para partirem em ajuda do Império Bizantino no oriente, que sofrera graves derrotas contra os turcos seljúcidas na batalha de Manzikert em 1071. Apesar de este chamado ter sido em geral ignorado e até ter recebido oposição, juntamente com a popularidade das peregrinações à Terra Santa no século XI, concentrou a atenção do ocidente no oriente.
Pregadores como Pedro o Eremita e Gualtério Sem-Haveres popularizaram rumores de agressões de muçulmanos aos peregrinos cristãos a Jerusalém e a outros lugares santos do Médio Oriente. Mas foi o papa Urbano II quem disseminou a ideia de uma cruzada para libertar a Terra Santa. Ao ouvir o seu discurso dramático e inspirador no Concílio de Clermont, a assistência aderiu com entusiasmo à ideia da salvação da alma pela penitência da peregrinação e da luta contra os infiéis.
O Império Bizantino também professava a fé cristã mas, devido ao Grande Cisma do Oriente, seguiam o rito ortodoxo. O imperador Aleixo I Comneno governava um território que fazia fronteira com a Europa Ocidental a norte e a oeste, onde se encontrava em conflito com os normandos, e com a Anatólia a oriente, recentemente conquistada pelos turcos seljúcidas.
Mais para oriente, Síria, Palestina e Egipto estavam sob o controlo de várias facções de muçulmanos, herdeiros da fragmentação do império do califado omíada. A Anatólia e a Síria eram controladas pelos seljúcidas sunitas, antes parte do grande império seljúcida que derrotara o Império Bizantino em Manzikert em 1071, mas também fragmentado e em guerra civil desde 1072.
Diferentes governantes, todos de origem seljúcida, governavam de forma independente o Sultanato de Rum na Anatólia e as cidades-estado Alepo, Damasco e Mossul. Mas estes estados estavam de modo geral mais concentrados na consolidação dos seus próprios territórios e na conquista dos seus vizinhos do que em cooperar para lutar contra os cruzados.
O nordeste da Síria e o norte da Mesopotâmia eram territórios dos ortoquidas, que mantiveram a posse de Jerusalém até 1098. No leste da Anatólia e no norte da Síria foi fundado um estado pelos danismendidas, descendentes de um mercenário seljúcida. E também na Síria, a Ordem dos Assassinos começava a ganhar poder.
Até recentemente, os cristãos da Palestina tinham plena liberdade de culto, desde que realizassem os seus ritos com alguma discrição. Mas desde o início do século XI, começou a ocorrer alguma perseguição religiosa, não só a cristãos como a judeus e a diferentes ramos do Islão. Depois da destruição do Santo Sepulcro em 1109, a perseguição deu lugar a um imposto pago pelos peregrinos cristãos que pretendessem entrar em Jerusalém.
Em pouco tempo surgira o poder seljúcida, bárbaros turcos convertidos ao Islão, agressivos e com uma interpretação estrita da sua fé. As histórias de maus tratos aos peregrinos que chegaram à Europa Ocidental não desencorajavam muitos dos cristãos latinos, que viam assim a sua peregrinação tornar-se num acto ainda mais devoto.
Mas o Egipto e a maioria da Palestina ainda eram territórios dos fatímidas, árabes do ramo xiita em conflito com os seljúcidas. Jerusalém tinha-lhes sido conquistada pelos seljúcidas em 1076, mas depois os ortoquidas conquistaram a cidade, e em 1098, já durante a marcha da Cruzada dos Nobres, Jerusalém voltou para as mãos dos fatímidas.
Inicialmente, os fatímidas não consideravam os cruzados como uma ameaça, assumindo que estes tinham sido enviados pelos bizantinos e que como tal o seu objectivo seria apenas a reconquista da Anatólia e da Síria aos seljúcidas. E de facto Aleixo I Comneno tinha aconselhado os cruzados a aliarem-se aos fatímidas contra o inimigo comum, os seljúcidas. A política própria e o zelo religioso dos cristãos ocidentais iria impedir esta coexistência, o seu objectivo principal era libertar a Terra Santa de quaisquer que fossem os muçulmanos que estivessem a cometer o sacrilégio de estar na posse dos lugares santos.


madley29

Mensagens : 34
Data de inscrição : 11/11/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum